O que vale é a intenção (Mallika Chopra)

Finalmente um livro sobre desenvolvimento pessoal/auto-ajuda que não parece uma lavagem cerebral indutora ao cristianismo – Nada contra cristãos, mas as pessoas não são obrigadas a crer nas mesmas coisas e é muito irritante quando um autor tenta justificar absolutamente tudo com a bíblia ou a vontade de Deus, como se a única lógica do mundo fosse “leia a bíblia ou não evolua/melhore nunca”.

                O livro fala sobre a busca por uma vida com intenção e propósito e através de um relato pessoal da autora disponibiliza meios para que o leitor repense o seu dia a dia buscando conhecimento sobre o que realmente o faz feliz e como isso pode ser um propósito maior, impactando as pessoas ao redor e promovendo uma melhora no mundo em que vivemos.

                Vale lembrar que as realidades humanas são diversas entre si, então o “caminho” percorrido pela autora pode não se adequar às realidades de quem lê. E tudo bem. Livros não são guias obrigatórios, são apenas instigações, convites a pensar e sugestões de mudança. Tentar seguir os mesmos caminhos de qualquer pessoa é uma receita certa para a frustração uma vez que não existem pessoas idênticas com vidas e prioridades idênticas – As experiências da autora são DELA e podem servir de inspiração para outras pessoas.                

Sem dúvidas é uma leitura válida. Mas eu ainda prefiro um bom romance.

Publicidade