Para começar bem o dia – A música da natureza

Espetáculo com participação de 60 espécies de aves! No final, no auge da melodia (papageno-papagena/flauta mágica), a cantoria intensa em analogia sincronizada com a ópera de Mozart. Trabalho publicado no YouTube em set/2020, que levou meses de trabalho de uma equipe, que foi editado pelo compositor, produtor e escritor Volker Pannes, e resumido em apenas 3 min de vídeo! Vale a pena assistir!

Recebi o vídeo pelo WhatsApp e fiquei encantada!

Este post faz parte do BEDA (Blog Every Day August)

Um ilustre visitante – BEDA 09

Meu tio mora na zona rural de uma cidade inserida no cerrado brasileiro e sempre me envia fotos e vídeos dos animais que aparecem por lá.

Hoje vi uma reportagem dizendo que, se não mudarmos nossos padrões de produção e consumo imediatamente, será tarde demais para reverter o colapso do clima. Estamos caminhando pra uma extinção em massa e, acreditem: A COVID-19 foi apenas a primeira catástrofe e tem coisas piores pela frente!

Compartilho o vídeo deste belo porco espinho como um incentivo a mudanças! O mundo é muito bonito para ser destruído por uma espécie presunçosa, arrogante e porca . Vamos preservar nossa fauna, flora e recursos naturais!

Esse post faz parte do projeto BEDA (Blog wvery day august)

Só mais um dia – Mudança de hábitos

Acho que já comentei em alguma postagem sobre meus dias insanos. Não é fácil morar na periferia, depender de ônibus para ir até o trabalho em outra cidade e ainda estudar em uma terceira cidade. São muitas horas fora de casa, muito peso na mochila, muito sono e muito sedentarismo. Resultado: Cansaço, falta de ânimo e uns quilos além do desejado. Não é esse o “pacote” que sonhei para a minha vida. Nunca foi. Então, dia 31 de Outubro – Benditas sejam as Bruxas, sábias e protetoras da natureza – eu tomei uma decisão que jamais imaginei tomar: Estou pagando para ser torturada! Fiz matricula em uma academia. Agora, chego do curso por volta das 22:30h e ainda me exercito até meia noite antes de ir para casa e desabar na cama. Loucura? Sim, mas é o único jeito de sair do sedentarismo no meu atual momento. E como nenhuma decisão maluca vem sozinha, decidi parar com a coca cola. Hoje completo 39 dias sem a bebida que foi um vício por muito tempo (seriam 40, mas bebi meio copo no meu aniversário). Nunca imaginei que fosse tão difícil mudar esse hábito – A falta da coca cola tem me deixado com mais fome, instabilidade de humor e falta de concentração. Poucas vezes bebi outro refrigerante (acredito que duas ou três latinhas de Citrus que tinha em casa), e pretendo em 2020 não beber nenhum tipo de refrigerante. Cada vez mais tenho acreditado que devemos mudar radicalmente nossos hábitos de consumo – pode parecer clichê, mas o bom e velho descascar mais, desembalar menos parece ser afinal uma ótima saída para o meio ambiente e para a nossa saúde. Vou conseguir chegar ao ponto “lixo zero” da vida? Em 2020 não, e nem sei se algum dia, mas preciso fazer a minha parte por mim e pelo planeta, não é verdade? Até aqui os resultados estão sendo bons: Três quilos a menos sem dietas malucas, uma economia de aproximadamente R$90,00 com refrigerante nesse período e menos lixo gerado para o meio ambiente (Em casa eu utilizava as garrafas retornáveis, mas na rua sempre acontecia de beber uma pet 600ml ou latinha). E vocês? Quais hábitos mudaram nos últimos meses para melhorar a própria vida e ajudar o planeta? 

 

_____________________________________________________________

Gostou do texto? Não esquece de seguir a página Devaneios e Poesias lá no Facebook e o Instagran @poetisa_darlene