Pluto ou Um Deus chamado dinheiro (Aristófanes)

O que aconteceria se repentinamente apenas as pessoas honestas ganhassem dinheiro? 

Nesta comédia de Aristófanes, autor grego falecido por volta de 375 a.C, nos deparamos com Crêmilo, um homem íntegro inconformado em ver a riqueza nas mãos dos desonestos. Preocupado com o futuro de seu filho e em dúvida sobre educá-lo para ser um homem honesto e pobre ou um desonesto rico, Crêmilo procura o oráculo e descobre que Pluto, o Deus do dinheiro, está cego. A descoberta leva Crêmilo a traças um plano: Curar Pluto para que a riqueza possa ser distribuída com justiça, somente entre as pessoas boas. 

Por meio de diálogos engraçados, Aristófanes mostra o interesse de algumas camadas na manutenção da pobreza: O sacerdote alega que “uma vez que todos tem dinheiro, ninguém mais leva oferendas aos templos”. Além disso, a própria pobreza tenta fazer Crêmilo mudar de ideia, alegando que é ela a responsável pelo trabalho, sem pobreza não haveria trabalhadores para fazer os serviços pesados. 

Embora hoje a sociedade já não renda mais homenagens ao Deus Pluto, é inegável que a busca pelo dinheiro e riqueza converteu-se em um objetivo central, quase como uma religião em que o Deus é o dinheiro. E muitas vezes parece que a riqueza acumula-se com maior facilidade nas mãos dos desonestos Traçando um paralelo, podemos perceber também que há ainda hoje camadas a quem interessa a manutenção da diferença social – Se não houver pobres crédulos lotando templos, onde os mercadores da fé irão conseguir vender seus feijões, lenços e água consagradas por valores exorbitantes? 

Muito além de divertir, a peça de Aristófanes trás reflexões sobre a relação entre o homem e a riqueza e sobre a importância de exercitar o pensamento crítico para traçar paralelos entre o que lemos num momento de lazer e os fatos que permeiam a nossa vida em sociedade. 

E você que me lê, em algum momento já sentiu que as riquezas geradas pelo ser humano acumulam-se muitas vezes com pessoas desonestas? Acredita que o mundo seria mais justo se apenas os íntegros pudessem ganhar dinheiro ou acredita que a manutenção do abismo social é peça fundamental para o equilíbrio da sociedade? Criaria seu filho para ser honesto ainda que isso significasse ter pouco dinheiro ou preferiria criá-lo para ser um espertalhão rico? 

Por minha parte, acredito que devemos lutar pela construção de uma sociedade sem diferenças de classe, onde todos trabalhem e ganhem o suficiente para uma vida digna. Agora quero ler as respostas de vocês aos questionamentos – E de preferência, não deixem de ler o livro para refletir sobre essas questões. 

Pipoca, suco geladinho e boas risadas! As melhores comédias para as suas férias de verão!

A família bagulho

Para sair de uma enrascada, ele aceita ir até o México buscar cocaína – E como fazer para não chamar atenção na fronteira? Fácil! Viagem em família – Mesmo que seja de mentirinha! Prepare-se para as melhores férias! Um filme super divertido que conta com nomes como Jennifer Aniston (A Rachel de Friends) no elenco. Nota de 0 a 5?5.

O pacote

Eles são jovens, animados e vão acampar. O que poderia dar errado quando o carro ficou tão longe do local onde as barracas serão montadas? E se de repente um dos amigos sem querer cortar o “melhor amigo” fora e precisar de socorro urgente? As melhores trapalhadas acontecem neste filme bizarro. Não tentem fazer isso em casa! Nota de 0 a 5? 5.

Mistério no mediterrâneo

Ele decidiu levar a esposa a um passeio na Europa, mas conheceram um homem misterioso que os convidou para uma viagem marítima numa embarcação de luxo. Tudo seria perfeito se as pessoas parassem de morrer. Jennifer Aniston arrasou neste filme! Vale a pena assistir, mas tem que ter paciência nos primeiros 15 – 20 minutos. Nota de 0 a 5? 5.

Resgate do Coração

Após um inesperado divórcio, ela decide viajar sozinha para a segunda lua de mel que havia programado – Só não sabe que a viagem iria mudar sua vida, fazendo-a reencontrar sua profissão, aproximar-se mais do filho e encontrar um novo amor! Além de uma ótima história, o filme tem paisagens maravilhosas da África. Nota de 0 a 5? 5.

Um crime para dois

Um atrapalhado casal estava em crise no relacionamento – Até que de repente o destino os coloca na hora e lugar errados e eles se tornam suspeitos de um crime. Agora só resta correr contra o tempo para descobrir o verdadeiro culpado e escapar da cadeia. Uma comédia policial com direito a tiros, seitas estranhas e muitas gargalhadas. Nota de 0 a 5? 5.

Viagem das garotas (girlstrip)

Amigas para sempre é o lema dessas mulheres que se conhecem desde a adolescência e tomaram caminhos completamente diferentes na vida. Uma viagem pode ser uma ótima ideia para reunir todas – Mas será que essa amizade resiste aos conflitos causados pelas diferentes ideias sobre a vida e outras questões? O filme é muito engraçado e a atuação de Queen Latifah é um show a parte, mas não vale prestar atenção apenas nas atuações engraçadas: Viagem das garotas é um desses filmes que trazem uma mensagem sobre a vida – Será que vale a pena viver uma vida de aparências apenas pelo dinheiro? Nota de 0 a 5? 4.

Entre vinho e vinagre

Elas trabalharam juntas numa pizzaria e nunca deixaram de ser grandes amigas. Agora que Rebecca está completando cinqüenta anos, decidem fazer uma viagem para a Terra do Vinho – Acontece que o conceito de diversão é muito pessoal para ser espremido em um itinerário e isso pode gerar alguns conflitos – Principalmente quando se exagera no vinho. Vale a pena dar ótimas risadas com essas cinquentonas incríveis! Nota de 0 a 5?4

Cofee&Kareen

Coffee é um policial branco que se envolve com a mãe de Kareen, uma mulher negra. Acontece que Kareen não gosta nada da ideia de ver a mãe namorando um policial e vai fazer de tudo – até contratar um assassino profissional – para impedir esse relacionamento. Só que o tiro saí pela culatra e os dois terão que fugir de um gangster perigoso, lidar com suas diferenças e salvar a mãe de Kareen. É um filme de comédia policial bem divertido. Nota de 0 a 5? 4.

Gostaram da lista? Comentem!