Desafio Cinetoscópio #15: Um filme de animação

Uma misteriosa garrafa com um pedido de socorro chega aos simpáticos ratinhos do mundo inteiro que mantém um salão no prédio das Nações Unidas. Bianca, uma chamosa ratinha, oferece-se como voluntária para resgatar a menininha Penny, autora do bilhete e, para acompanhá-la, escolhe Bernardo, o zelador. Inicia-se aí uma aventura de tirar o fôlego e arrancar muitos risos.

É uma das minhas animações preferidas da Disney, pois além de ser fofinha e divertida, também consegue incluir uma dose de romance sem cair na velha fórmula do “príncipe encantado” e da “princesa” – As personagens femininas da animação tem ações próprias, são inteligentes, tem personalidade forte, são corajosas nos momentos certos, demonstram medo em outros momentos, não por serem mulheres, mas por ser o medo uma emoção humana (apesar da personagem ser uma ratinha, ela é humanizada, apresenta comportamentos humanos). Uma animação de 1977 que certamente marcou gerações! Vale muito a pena assistir!

Quer saber mais sobre o Desafio Cinetoscópio dos 30 filmes? Acesse aqui!

Finalmente me rendi aos encantos de Frozen

Voltando aos tempos de criança decidi assistir à tão aclamada animação “Frozen – uma aventura congelante”. Apesar de em geral preferir filmes legendados, por se tratar de uma animação acabei optando pela versão dublada.

O filme é realmente bem bonitinho, tem um enredo fofo e músicas incríveis. Ainda acho estranho ver um filme de crianças onde um dos personagens fala que “homens tiram meleca do nariz e comem”, mas enfim, tempos modernos, não é verdade?

Para quem não assistiu ainda, vale a pena! Se não for assistir com crianças pequenas, a versão legendada é melhor porque dá para curtir as músicas em sua versão original.

Se quiser assistir no youtube, o único problema são os comerciais de tempos em tempos, mas fica o link aqui!