Primavera Literária

Livros devem ficar sempre presos em estantes? Ou cumprem melhor sua missão quando passam de mão em mão? A resposta é quase unânime – Livros devem ser lidos. E depois? Doar? Guardar em uma estante empoeirada?

Existem alguns projetos interessantes para colocar os livros em movimento – Livro livre, livro viajante, liberte seus livros. E inspirada nesses projetos e também na chegada da Primavera, criei o projeto “Primavera Literária” – A ideia é que dia 23 de Setembro, comemorando a chegada da estação das flores, espalhemos livros pela nossa cidade – Não apenas abandonar um livro por aí, mas deixá-lo com um bilhetinho sugerindo que, quem o encontrar, leia e depois recoloque o livro em circulação com outro bilhete e assim por diante.  Sinceramente, não sei o quanto as pessoas estão dispostas a aderir a um evento assim, mas decidi tentar e descobrir no que vai dar.

E você? Topa participar? Dá uma olhadinha lá no evento que criei no Facebook, confirma presença e convida os amigos e amigas – É só clicar aqui para fazer uma visitinha!

 

 

Anúncios

Primavera Literária

Livros são flores

Que das almas desabrocham

Das mãos tomam forma

Do coração se nutrem

Livros são flores

Que se abrem em perfume:

Perfume de sabedoria

Perfume de imaginar

Perfume de sonhar

Livros são flores

Aprisionadas em estantes

Empoeiradas

Flores tristes não lidas

Flores esperando oportunidade

De viver sua primavera,

Cumprir sua missão:

E florir em vários jardins

E conhecer várias mãos e olhos

E viver em comentários, citações

Flores a desabrochar – de corações para corações!

02/08/2017

(Poema de improviso)

c094b-tumblr_l3305bdwq41qbp0e3o1_500_252812529

 

 

Agosto, mês do…

Há um dito popular que diz “Agosto, mês do desgosto”.  Pessoalmente, prefiro lembrar que Agosto é o mês que já se inicia com um Sabbath: Imbolc. É o Ápice do Inverno, o tempo em que a Deusa já deu à luz o Deus no Sabath de Yule (21 de Junho). O frio já vai diminuindo e a luz pouco a pouco aumenta – É o Deus-Sol que cresce forte! Nessa época comemorava-se o festival do fogo, em honra à Deusa Brigit. Há inúmeros rituais a serem feitos- Desde trançar os cabelos fazendo pedidos até acender uma vela que deverá permanecer acesa até o próximo Sabbath.

Imbolc celebra a maternidade ao mostrar-nos a Deusa em sua face mãe, cuidando do Deus, seu filho e futuro consorte, por isso nessa época celebra-se a fertilidade e a maternidade. As cores para decorar os altares de rituais, bem como a casa e o vestuário neste período são aquelas que lembrem as cores vivas do fogo: Laranja, vermelho, amarelo, branco e azul – Use e abuse delas para atrair toda a energia e prosperidade neste período. Invoque Deuses e Deusas ligados ao Amor, à prosperidade, representados pela luz crescente e, logicamente, a própria deusa Brigit. Outra dica: As ervas deste Sabbath são a angélica, manjericão, louro, benjoin, salgueiro, mirra, alecrim, dill e trevo. Tenha-as sempre à mão! Caso goste de utilizar pedras, este período é ligado a Água Marinha, Ametista, Granada, Turquesa, Granada e Ônix. Muito embora o principal alimento deste Sabbath seja o leite, prefiro pedir licença aos Deuses e servir coisas feitas com leites vegetais, por acreditar que não é necessário nem indicado causar sofrimento aos animais apenas para obter deles o leite que deveria ser exclusivamente de seus filhotes.

Se em Yule o momento foi de recolhimento e introspecção, Imbolc é um período de traçar novos planos – por isso muitos feitiços lançados nesta época possuem o propósito de atrair prosperidade e também afastar pessoas invejosas.

Feliz Imbolc e que Agosto seja sempre um mês de muito gosto!

____________________________________________________________________________________________

*Agosto é também o mês onde vários blogueiros e blogueiras se dedicam ao projeto #BEDA (Blog Every Day August), não prometo, mas tentarei fazer parte deste projeto pela primeira vez este ano!

 

O que eu vou fazer com essa tal liberdade? #FériasQG

Julho – Mês frio, com noites longas e um toque de saudosismo. Quem não sente saudades da infância, quando a única tarefa dos primeiros meses do ano era conseguir notas boas na escola para poder aproveitar as férias julinas? Pois é, julho, para nós que já somos “grandinhos” e trabalhamos é somente mais um mês, amontoado de dias frios e tarefas para cumprir. Mas não precisa ser sempre assim! Aliás, não deve ser assim, afinal, se não aproveitarmos cada segundinho, em breve o mês de agosto irá chegar e trazer de volta a velha rotina e com ela aquela sensação de que os dias que se passaram deveriam ter sido melhor aproveitados.   Julho é o primeiro mês da segunda metade do ano, é um período bacana para verificarmos aquela listinha de metas – o que conseguimos fazer, o que não conseguimos e por qual motivo, o que ainda podemos correr atrás antes que o ano termine. Também é uma boa época para tirar as roupas de frio do guarda roupa e fazer doações para quem não tem com o que se aquecer. Aproveite e tire livros e outros objetos que não está utilizando, isso dá uma leveza na casa! É também oficialmente a época das diversões relativamente baratas: Sempre tem uma quermessezinha rolando em alguma parte da cidade! Aproveite!

Para quem além de trabalhar também é estudante, o período chega a ser “mais ou menos férias” – livres das aulas, mas com a obrigação diária de comparecer ao trabalho, muitas vezes não valorizamos adequadamente esses dias quase livres que o meio do ano nos trás e nem percebemos que nos sobra um tempinho para passeios rápidos, caminhadas, maratonas de séries e outras coisinhas que surjam de repente! Tudo bem que a crise político-financeira que o país atravessa tem feito as noites longas e a grana curta, mas vamos concordar: Com um pouquinho de esforço e imaginação, dá para aproveitar e renovar as energias!

Mas afinal de contas – o que fazer com essa tal liberdade que as férias ou quase férias estão nos trazendo?

A lista é bem grande – desde ler um livro ou assistir uma série apenas pelo prazer de ler ou assistir, até fazer coisas importantes como turbinar os estudos (isso mesmo, rever aquela matéria na qual você não está indo assim tão bem no colégio), organizar o quarto (sim, isso inclui aquela gaveta de papéis velhos) ou iniciar uma dieta, atividade física, parar de fumar, enfim, dá para fazer muita coisa! Ainda quer dicas? Acompanhe a página do blog no Facebook – Além daquela mensagem diária para você compartilhar e desejar um ótimo dia aos amigos e amigas, também haverá mensagens com dicas legais para as férias!

 

1-2

 

Playlist: Dia dos Namorados

Boa noite! Tudo bem? O tema deste mês só pode ser um: Amor! Como vocês sabem, eu simplesmente amo música e não poderia deixar de sugerir uma playlist bem romântica para o dia dos namorados, não é verdade? Mas, como a vida está difícil e não é todo mundo que vai encontrar aquela pessoa especial na segunda feira, decidi fazer três playlists: A primeira só com músicas para se declarar pro seu amado ou amada. A segunda para curtir bem agarradinho num lugar aconchegante e, a terceira para chorar no quentinho do seu quarto e curtir aquela saudade dos momentos vividos ou não com aquela pessoa que você ama mas que não corresponde os seus sentimentos (infelizmente isso pode acontecer). E a terceira pra curtir juntinho com o namorado ou namorada ❤

 

PLAYLIST PARA DAR AQUELA INDIRETA E DIZER “EU TE AMO”

1 – Ana Muller – Sua.

Uma das minhas músicas favoritas no momento. Escuto umas mil vezes por dia e se estivesse namorando ia mandar pro amado pelo menos uma vez por semana…rs

 

2- Garoto Errado (Manu Gavassi)

Pode ser bem juvenil, mas com toda simplicidade é uma forma de dizer “Hey, eu existo e gosto de você”

3 – De janeiro a janeiro (Roberta Campos)

Outra letra simples, doce e linda!

 

4- Me namora (Edu Ribeiro)

Uma declaração dessas… Sem palavras!

 

5 – The first time ever I saw your face  (Johnny Cash)

Não tem como resistir a uma declaração dessas, não é verdade? Uma canção sobre a primeira vez em que você viu a pessoa amada!

6 -Pela luz dos olhos teus (Tom e Miucha)

Não poderia faltar esse clássico da nossa Mpb na lista, não é verdade?

 

7 – Dio, come ti amo

Uma canção que poucos conhecem e cuja letra é de longe uma das mais belas!

 

8 – Your song

Outra letra belíssima!

 

9 – A Thousand Years (Christina Perri)

Não poderia faltar na lista!

 

10 – Eu sei que vou te amar

Outro clássico da Mpb que não poderia faltar na lista de músicas para declarar seu amor!

 

PLAYLIST PARA OUVIR BEM AGARRADINHOS

1- You Are My Sunshine (Johnny Cash)

Johnny Cash tem repertório pra declarar um grande amor, pra curtir juntinho e pra curtir aquela tristeza também… Um compositor/cantor completo!

 

2- Reviso meus planos (Maneva)

Sabe aquela música que emociona? Maneva é uma banda de reggae brasileira que consegue balançar o coração…

 

3-  True Love (Eivør)

Já pensou como certos amores são impossíveis? O clipe dessa música fará vocês pensarem ainda mais na sorte que tem por estar ao lado de alguém especial.

 

4- Eu não existo sem você (Tom e Vinicius)

Clássico da Mpb delicioso pra se ouvir a dois!

 

5- Fly me to the moon (Frank Sinatra)

Como deixar a voz do século de fora de uma lista romântica? Não pode!

 

6- Céu Azul (CBjr)

Um poeta controverso. Um músico amado por muitos, criticado por outros tantos…

 

7- Ne me quitte pas (Maysa)

A letra é bem triste e talvez eu devesse incluí-la na próxima playlist, entretanto, por algum motivo essa música é tão boa para ouvir a dois…

8 –  Meu amor (Ana Muller)

Essa menina é uma prova de que ainda somos capazes de produzir uma Mpb de qualidade! Perfeita!

 

9- Maneva – Luz que me traz paz

10 – Te quiero (Susana Baca)

Essa talvez não seja uma canção muito conhecida no Brasil, mas vale a pena ouvir!

 

3- PLAYLIST PARA OUVIR SE ESTIVER SOZINHO(A) NO DIA 12 DE JUNHO

1- Fragmentar (Ana Muller)

 

2 e 3 – Sea of heartbreak e Hurt (Johnny Cash)

Lembra que eu falei que Cash tinha repertório pra todos os momentos?  Só pra provar vou colocar duas canções dele pra ouvir quando estiver triste!

 

 

4- Gloomy Sunday

Essa música é realmente bastante triste! A original é húngara, mas eu gosto mais da versão na voz da Billie Holyday

5- La solitudine

6- O que falta em você sou eu (Marília Mendonça)

7- Gostoso demais (Maria Bethânia)

8 – Depois de ter você (Maria Bethânia e Adriana Calcanhoto)

9- O destino não quis (Maneva)

10 – La barca (Luis Miguel)

 

Então, o que acharam das três playlist especiais que preparei pro mês mais romântico do ano? Qual música incluiriam?


Pra quem ainda não sabe, o blog tem uma página no facebook: Devaneios e Poesias e lá eu posto um monte de coisinhas que não costumo postar aqui: Fotos, músicas, TAGs… Curtam lá!

Outra novidade: Agora eu tenho um Instagram, ainda estou aprendendo a usá-lo, mas fica o convite para que me sigam! darlene_poetisa

 

Boas vindas ao mês mais romântico e cruel do ano

Junho chega finalmente com seus dias frios e cinzentos, suas chuvas e seu infalível clima da romance. Muitos falam dos amores de verão, dos amores de primavera, mas, é quase em meados do mês mais frio do ano, praticamente às portas do inverno, que comemoramos o Dia dos Namorados. É em junho, quando o frio exige provas infalíveis de amor e companheirismo, que se celebra o amor entre os casais. Devem, entretanto, os pombinhos apaixonados, precaver-se da nefasta influencia comercial que tenta transformar esse dia especial em mais uma mera oportunidade de vender e vender (como, aliás, acontece no dia das mães, dos pais, das crianças e etc.). Aproveitem e dêem um ao outro algo que nenhum dinheiro pode comprar: A presença, o amor, a companhia, o carinho.

Junho chega com seu clima de romance, mas também com seu ar de tristeza – sempre há aquelas pessoas que terminaram recentemente um relacionamento de anos e irão passar o dia, no sofá com um balde de pipoca, um filme e uma caixa de lenços. Ou ainda aquelas que nunca conseguiram passar essa data efetivamente namorando alguém e muitas vezes sequer chegaram a ser uma opção séria e real na vida de alguém (a autora que lhes escreve se enquadra nessa categoria). Sério: Antes de postar mil e uma fotos de casal nas redes sociais, seria bom ter um pouco de empatia com aqueles e aquelas que estão solteiros – seja porque não encontraram um grande amor, seja porque encontraram e não deu certo, seja porque já desistiram cansadas de tantas rejeições – acreditem: Existem pessoas que chegaram aos 30 anos (ou mais) exatamente assim: Sozinhas. Não leitor, esse texto não é algo do tipo “não poste suas fotos, esconda sua felicidade”. Poste fotos sim, curtam muito o “Love” de vocês, escrevam poemas, cartas, mimos. Mas tentem não sair perguntando no dia seguinte como foi o final de semana dos amigos, pois esse ano, o Dia dos Namorados irá cair em uma segunda-feira e muita gente vai chegar no trabalho ou na faculdade se sentindo a última bolacha do pacote, aquela mesma, esquecida, quebrada e jogada num canto depois de um final de semana solitário, excluídos e excluídas pelos amigos que foram comemorar o dia mais romântico do ano.

0ea7c20c07ce920bcf6aaac69a90469e

Abraços Amigos

São sempre um ninho
Os abraços d’um amigo
E os olhos são abrigo
E os olhares são carinho

E o tempo corre, ligeirinho
Quando abrigada sigo
Querendo mais uns minutos contigo
-Oh, tempo, passe de mansinho!

Mas o tempo corre veloz
E já se faz hora de partir
Quando vemos, já estamos sós

Cai escura a noite- hora de dormir
Feliz a pensar nos laços que somos nós
E nos momentos que já são saudade atroz

(Poema escrito para um amigo querido, depois de uma noite de segunda-feira -08/05/17 – conversando no carro em aninhados e ternos abraços)

Minha adolescente de 50 (e tantos) anos favorita

 

Hoje é um dia especial: Vou apresentar a vocês uma pessoa muito querida- Minha mãe.

Ela não é apenas mais uma mulher normal. Ela é uma mulher forte, bonita, incrível. Talvez um pouco fora de padrão – mas para que padrões? Quem precisa de padrão é produto industrializado, não gente. Ela não tem fricote, nem frescura..

Minha mãe cozinha como uma cheff. Pinta paredes e sabe fazer pequenos consertos domésticos também. E se derrete com cachorros e plantas.

Ela me ensinou a gostar de livros e quando eu cresci e cheguei na oitava série, dei o vídeo-game dela para outra criança e entreguei um livro em suas mãos – Afinal, temos que incentivar a leitura não é mesmo?

Ela me ensinou a cozinhar – Dom de família essa intimidade com o fogão.

Ela pode ser bem adolescente quando quer – Companheira de baladas, luaus, barzinhos. Companheira nas passeatas contra o Temer, nas paradas LGBT, nas manifestações e até mesmo na Marcha da Maconha. Amiga dos meus amigos – às vezes eles até dizem que ela é mais divertida que eu! Às vezes eu a deixo viciada em séries. E em receitas novas. Às vezes a gente briga (quem nunca, não é mesmo?), mas logo faz as pazes.

Ela é mulher de farra e de luta. Cheia de amor – mas ao mesmo tempo cheia de indignação com esse mundo maluco em que a gente vive e, conseqüentemente as vezes revoltada – minha jovem de 50 favorita!

E eu sempre digo que, quem casar comigo, leva a sogra de brinde (prometo que ela é um amor <3), porque afinal de contas, como eu vou privar meus futuros filhos da companhia diária de alguém como ela?

Mãe, amanhã é seu dia! Feliz dia das mães para nós!!! Amo você!

Design sem nome (1)4

Feliz Ano-Novo! Blessed Samhain!

Hoje lares pagãos/wiccanos de todo o hemisfério Sul comemoram o Samhain. É um festival que celebra a última colheita antes do inverno. É tempo de guardar o que será imprescindível à sobrevivência pelos próximos meses gelados que se aproximam. O Deus-Sol morre, tornando-se O Senhor das Sombras, e a Deusa está em sua face anciã, cheia de recolhimento, mistério e sabedoria. Ela sabe que em seu ventre há a centelha de vida do Deus que irá renascer em Yule.

Considera-se o Samhain como o Ano-Novo dos bruxos, uma noite em que os véus que separam o mundo espiritual e o mundo material se encontram mais tênues, facilitando o contato com os antepassado – por isso nessa data é costume que se homenageiem aqueles que já nos deixaram. No hemisfério norte  o Samhain é comemorado em 31 de Outubro, o que acabou originando o Halloween (Dia das Bruxas), e o “Dia de todos os Santos”, introduzido pela Igreja Católica para cristianizar as festividades pagãs que ela não conseguia retirar dos costumes populares.

É um tempo de reflexão e de estabelecer metas para o próximo ano que entrará.

Algumas atividades típicas dessa data são:

Queimar pedidos para o próximo ano

Confeccionar um Jack O´Lantern

Fazer oferendas de maçãs e pães de grãos nos Jardins dos Ancestrais

Rituais divinatórios (Tarot, caldeirão, espelho, runas)

Confeccionar vassouras, bastões, cordas de bruxa e outros objetos mágicos

Acender uma vela laranja à meia-noite para atrair sorte

As cores usadas nesse Sabath são o Preto e o Laranja. Já as ervas são a nós-moscada, sálvia, menta, mirra, patchuli, artemísia, alecrim, musgo, calêndula, louro, mandrágora. Pedras também devem ser utilizadas durante os rituais e nesse período, como fontes de proteção e energia – as que se relacionam ao festival são: obsidiana, floco de neve, ônix, cornalina, turmalina negra, âmbar, granada, hematita.

Tenham todos e todas um abençoado Samhain e um novo ano cheio de paz, luz e amor!

TAG: Coisas que amo

Mês passado lancei a TAG “Coisas que detesto” . Foi uma experiência divertida e, por isso decidi criar mensalmente uma nova TAG! Esse mês de Março o tema será “Coisas que amo” e vai funcionar do mesmo jeito: Só postar (ou compartilhar) a imagem no seu Facebook ou outra rede social e esperar os amigos comentarem. Aí você comenta as respostas deles em um texto no blog!
Tenho que confessar que essa TAG me surpreendeu – Tenho uma página do blog no Facebook onde posto conteúdos rápidos, fotos, etc. Até semana passada eu tinha 531 curtidores nessa página e, após lançar a TAG por lá, o número chegou a 15mil! 15mil pessoas curtindo a minha página é algo que ainda me assombra, mas estou muito feliz! Enfim, vamos lá comentar as respostas das coisas meus amigos acham que eu amo!

1) Ataulfo Alves: Ok, eu gosto de músicas antigas,mas dizer que eu AME Ataulfo Alves é forçar um pouco a situação… Podia ser ao menos Carlos Galhardo ou Frank Sinatra, não é Daniel Prates? Afinal, você é cantor e eu nunca lhe pedi Ataulfo Alves em nenhum show! Kkkk
2) Jiló: Meu amigo Josué Pedrozo errou muito feio!
3) Ana Marques disse violão. Sim. Amo violão, levava pra faculdade para tocar no intervalo inclusive!
4) Lamartine Babo: Também é exagero dizer que está no rol das coisas que amo. Ele ficou conhecido pelas marchinhas e pelo carnaval e eu não sou assim muito carnavalesca, então para mim é indiferente… Vera não acertou!
5) Pakalolo: Eita assunto tenso de se comentar em público não? Humberto foi bem espertinho em sugerir essa!
Amor próprio: Sempre importante. Foi um comentário inusitado do Marcelo Inácio, mas interessante.
6) Verônica Nascimento: Escreveu “Eu”. É, como não amar as amigas?
7) Amor Vampírico: Minha amiga Chuana acertou! Não resisto a uma boa história de amor entre vampiros ou vampiros e humanos.
8) Escrever: Amo muito! E alguns amigos meus lembraram de dizer isso! Demorou, mas lembraram! Mario Rezende e Lili Maria acertaram!
9) Conversar: Gosto e como gosto! João acetou!
10) Bruxas: Minha amiga Jackeline lembrou muito bem esse detalhe! Sou Wiccana e adoro bruxas!
11) Liberdade, Igualdade e Fraternidade: A querida Rose Magalhães disse as três coisas que eu gostaria de saber que existem para todos e todas.
12) Atum: Só o Renisson! Piada pessoal pelo dia há anos atrás, em que quase tive uma pequena recaída do vegetarianismo comendo uma torrada com patê de atum… Não gosto nem de lembrar! Amo Atum, desde que esteja vivo. #GoVegan
13) Música: Rosa, Lili e Pontes acertaram essa! Amo muito, tanto que estudo música!
14) Cantar: Uma lembrança muito boa da Raquel! Sim, amo cantar!
15) Amigos: Novamente a Raquel lembrou algo importante! Amo meus amigos
16) Batata Doce: kkkk A Kuka lembrou de algo engraçado! Batata Doce? Eu não posso amar batata doce… Mas ao mesmo tempo, por que não? Sim, eu amo batata doce, principalmente doce de batata doce.
17) Dançar: Dox acertou também, amo dançar e meu sonho antes da música era fazer faculdade de Dança!

Meus amigos provaram que me conhecem bem, tanto nas coisas que odeio quanto nas que amo, mas fiquei bastante decepcionada: Ninguém citou “Livros”, “Frio”, “Chuva”!
Bom, ficam convidados para responder a TAG:

Hello

Patriamarga

Vivimetaliun

Pitacos e Achados

COISAS QUE AMO