Contagem regressiva… 63 Dias!

Agosto mês do desgosto, diziam os antigos. Ou mês do cachorro louco. Será que o mês tradicionalmente conhecido como catastrófico, que neste ano se inicia em uma Segunda Feira, o dia mundial da preguiça, só pode mesmo ser sinal de maus prenúncios? É claro que não!

Hoje inicia-se uma contagem regressiva fundamental para o Brasil, em 63 dias uma grande responsabilidade tocará as mãos de brasileiros, brasileiras e brasileires: Eleger o novo chefe do executivo federal, mais conhecido como Presidente da República. Dada a seriedade do momento, não é possível ter ilusões. Dia 02 de Outubro será uma escolha entre continuar chafurdando na pocilga em que o país se encontra ou escolher uma candidatura progressista, com reais chances de se eleger e iniciar a reconstrução do Brasil que precisamos. Veja bem, não estou dizendo que a oposição vai conseguir, em quatro anos de governo, nos devolver a qualidade de vida do Brasil que conhecemos entre 2003 e 2015. O processo de Impeachment da Presidenta Dilma, os sucessivos ataques do governo Temer e a catástrofe representada por quatro anos de completo desgoverno deixaram marcas profundas na democracia, na economia e nos indicadores sociais brasileiros – Não é algo que se resolverá da noite para o dia, principalmente tendo em conta que os ataques da extrema direita irão continuar e talvez até se acirrar. Apesar disso, é melhor iniciar a limpeza da casa-nação ou reeleger o porco fascista? Com certeza a primeira opção é a única que se apresenta como sensata – Um voto crítico, que deve ser acompanhado diariamente pela população brasileira. Até lá, cuidado com as fake news e com o gado louco.

Este post faz parte do BEDA. Participam também:

Lunna GuedesMariana GouveiaObdulio

Mãe Literatura. – Ale HelgaSuzana Martins