06 on 06 – Recortes urbanos

Encarei a tela. Onde encontrar recortes urbanos se tenho estado em casa a maioria do tempo desde março do ano passado? O jeito foi revirar antigas fotografias – E eis que o resultado me agrada:

Essa casa já foi o lar de uma idosa simpática que plantava morangos no canteiro frontal. De repente, as janelas não se abriram, os canteiros abandonados…
Eu vejo a praia da janela do ônibus, duas máscaras no rosto e a sensação de que apesar de morar no litoral, eu quase não aproveitei o espaço livre antes dessa pandemia maluca me trancar em casa.
Em São Paulo, um muro verde. Na selva de concreto, esperança nas paredes.
O prédio sobe em direção ao céu… Coisas da metrópole, belas mas nem sempre adequadas para o meio ambiente. A mudança na arquitetura moderna é urgente.
Uma foto da cidade tirada do alto da Serra do Mar. Como é belo o litoral!
Acordar pela manhã, antes do sol nascer… Vida de trabalhador brasileiro é assim: Acorda cedo, corre, passa o dia fora. Salário baixo, qualidade de vida zero… Mas o importante é que “O rico cada vez fica mais fico e o pobre cada vez fica mais pobre, como bem dizia aquela velha canção axé music.

6 comentários sobre “06 on 06 – Recortes urbanos

  1. obduliono disse:

    Se até a letra de um axé music consegue ser mais consciente do que a maioria das canções “sertanejas” repetitivas (de “sofrência” sem fim) é porque as coisas vão de mal a pior. Só para ressaltar, a primeira imagem e sua legenda foi primorosa, Darlene!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Lunna Guedes disse:

    Nossa, eu amei a primeira foto… mas eu confesso que me incomoda portas e janelas cimentadas dessa maneira. Muito estranho. Não ocupo e não deixo que ninguém ocupe. Muito triste isso. Perde o sentido de caso, ganha o de mausoléu.
    E a imagem da serra também é incrível.
    Show

    Curtido por 1 pessoa

  3. Juliana Sales disse:

    Os posts desse mês do “6 on 6” estão incríveis. Me encantei com todas as fotografias que vi. A sua primeira foto me despertou sentimentos contraditórios: achei a casinha uma graça, fofa, o tipo de construção que me chamaria a atenção, já que adoro construções antigas. Mas as portas e janelas fechadas com concreto deram um ar estranho, meio assustador, talvez? Não sei, mas ainda assim adorei a foto. E a foto da Serra do Mar é perfeita, a natureza sempre me encanta!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s