Blogagem coletiva #1: O ano que passou e os livros que ficarão na memória

O ano de 2020 se encarregou de sacudir os rumos do mundo, abalar sonhos, derrubar estruturas e tornar a vida mais difícil. Por aqui livros, escrita e culinária mantiveram algo de familiar nos dias de rotinas alteradas e medo. Durante o ano que se passou foram ao todo trinta livros lidos, sendo dezesseis nacionais. Esse número não conta os livros didáticos que sempre me acompanham como uma distração e uma forma de me manter preparada para concursos. Também participei de duas antologias (Amores Virtuais, Perigo Real e Quimeras de Natal: Sonhos no Gelo, ambas da Editora Quimera) e um livro coletivo – Feliz Ano Velho, da Editora Scenarium que foi lançado apenas em dois mil e vinte e um com uma tiragem limitada.

            A maioria dos títulos lidos ano passado foram escolhidos através de sorteio, o que em alguns momentos me tirou da zona de conforto literária. Relembrando os títulos:

  1. Office Boy em Apuros – Bosco Brasil.
  2. Um tempo para você – Linda Roberts
  3. Memorial de Aires – Machado de Assis
  4. Clara dos Anjos – Lima Barreto
  5. Não leve a vida tão a sério – Hugh Prather
  6. Bagagem – Adélia Prado
  7. O chamado de Cthulhu e outtos contos – H.P Lovecraft
  8. Ópera do Malandro – Chico Buarque
  9. O pássaro pintado – Jerzy Kosinski
  10. Marília de Dirceu e Cartas Chilenas – Tomás Antonio Gonzaga
  11. Histórias Fantásticas – Vários autores
  12. Cyrano de Bergerac – Edmond Rostand
  13. Dom Casmurro – Machado de Assis
  14. Noites  na Taverna – Álvares de Azevedo
  15. A  montanha e o Rio – Da Chen
  16. Antologia poética – Augusto dos Anjos
  17. Tire proveito dos seus impulsos – Pauline Wallin
  18. Felicidade – Gabriel Chalita
  19. Contos Reunidos; Brás, Bexiga e Barra Funda; Laranja da China e Outros Contos – Antonio Alcântara Machado
  20. Meus primeiros sonetos clássicos – Organização Alexandre Carvalho e Silvia J. Estevam
  21. Tia Julia e o escrevinhador – Mario Vargas Llosa
  22.  O Guarani – José de Alencar
  23.  Flores na Chuva e outros contos – Rosamond Pilcher
  24. Hilda Furacão – Roberto Drummond
  25. Fogo Morto – José Lins do Rego
  26.  Corredores – Codinome Loucura – Marianna Gouveia
  27. Amores Virtuais, Perigo Real – Antologia organizada por Humberto Lima
  28. A metamorfose – Frans Kafka
  29.  Treinando a emoção para ser feliz – Augusto Cury
  30.  Ponte para Terabitia – Katherine Paterson

Alguns livros da lista eu já conhecia e fiz uma releitura, outros me tiraram da zona de conforto e o último livro me chocou tanto que ainda não tem sequer resenha escrita para falar sobre ele no blog.

E vocês? Quais livros leram em 2021?

Conheça também um pouco sobre o mundo literário de:

Viviane AlmeidaAle Ana Claudia Lunna Guedes ObdulionoRoseli Pedroso