Passaporte da leitura: Inglaterra

Flores na Chuva e outros contos – Rosamunde Pilcher

O livro de hoje faz parte de dois projetos aqui do blog: É o segundo livro do #desafioliterário2020 #Outubro e é a sétima parada na viagem ao redor do mundo no projeto Passaporte da leitura. Vamos dar um pulinho na Inglaterra?

A sétima parada no projeto “Passaporte da Leitura” é a Inglaterra, país natal de Rosamunde Pilcher, autora nascida na Cornuália – um condado que fica a sudoeste de uma península inglesa – e chegou a servir durante a Segunda Guerra Mundial, ocasião em que teve seu primeiro conto publicado. Após a Guerra, Rosamunde se casou e foi morar na Escócia, onde viveu até seu falecimento, em 2019 aos 94 anos de idade.         

            O livro “Flores na Chuva e outros contos” nos presenteia com dezesseis histórias ricas em sentimentos. A autora de escrita suave e elegante nos envolve no mundo de cada personagem – Do menino órfão de pai que deseja presentear a irmãzinha ao pintor que trabalha como jardineiro sonhando com o dia em que sua arte será descoberta, Rosamunde oferece em suas páginas algo que pode parecer tão comum aos olhos de alguns, mas que é na verdade a coisa mais extraordinária que pode existir: Os momentos da vida humana e seus afetos, ilusões e decepções. Pilcher nos deixa com uma sensação gostosa de suspense no final de alguns contos – Personagens se reencontram depois de longas separações, pendências se resolvem, mas será que haverá o “viveram juntos para sempre”? No início, essa sensação de suspensão pode incomodar, mas depois acaba-se percebendo que o desfecho literal é desnecessário – O leitor ou leitora pode imaginar da forma que melhor lhe aprouver.

            Um ponto que chama a atenção nos contos deste livro é a presença de protagonistas ou personagens importantes femininas em idade madura – Algumas com questões do passado a resolver, outras com personalidades fortes e cheias de sabedoria, as mulheres descritas por Pilcher são intensas e bem desenvolvidas – Suas relações com o amor não são focalizadas como se tudo o que existisse na vida fosse romance: Elas tem amigos, familiares, obstáculos e projetos, algumas já construíram uma vida e procuram um recomeço. Em relação as mulheres, também chama a atenção o fato de não haver as típicas vilãs – Mesmo quando se interessam pelo mesmo homem, elas não entram em disputas acirradas e grosseiras, apenas seguem seus caminhos e lidam com seus sentimentos.

            Os cenários são outro ponto interessante – Pilcher descreve em detalhes, mas sem o exagero que causaria enfado em quem lê. Curiosamente, talvez por ter passado mais da metade da vida na Escócia, as paisagens e pessoas descritas pertencem àquele país.

            Um ótimo livro para presentear as pessoas em aniversários, natais, amigos secretos, pois possui um vocabulário contemporâneo, contos não muito longos e narrativa que possivelmente agrade qualquer pessoa que aprecie uma boa leitura.

            Sobre a Inglaterra:

A Inglaterra é uma das nações que constituem o Reino Unido. O país que faz fronteira com a Escócia e com o País de Gales ocupa a parte central e sul da ilha da Grã Bretanha e mais de 100 ilhas menores. Trata-se de uma monarquia parlamentarista, cuja religião oficial é a Anglicana e o idioma é o inglês, sendo também aceito o córnico, idioma de origem Celta falado na Cornuália.

________________________

Mudando de assunto…

Já foram conhecer um pouco mais sobre a Antologia Amores Virtuais, Perigo Real? Ainda não? Corre lá no site da Editora Quimera! O livro está incrível e toda a renda arrecadada com as vendas do livro físico será doada a uma instituição que acolhe mulheres vítimas de violência doméstica enquanto a renda do e-book será direcionada à uma instituição de acolhimento para pessoas LGBTQ+. Além disso, o livro está disponível no Kindle Unlimited!

Aproveitem que o Natal está chegando e comprem um livro para presentear seus amigos e familiares! Depois me contem o que acharam do conto “Eu a quero tanto”, de minha autoria!

E-book Físico.