Meu Amor (Acróstico/2010)

Minha vida sem você é uma luz que

Está sempre apagada

Um barco perdido em

Alto Mar

Mirante sem paisagem

Onde ninguém gosta de ficar, é flor sem

Raiz, pois seu amor é a raiz que me faz florescer

(Poema escrito em 2010 para o romance Valeska)

Este post faz parte do projeto BEDA (Blog Every Day August)

Participam também:

Viviane Lunna Guedes Ale HelgaAdrianaClaudiaDricaMariana Gouveia ChrisObduliono