Prepare o sofá, a pipoca e os nervos pra essa lista de filmes assistidos em Abril!

Abril foi um mês de filmes pesados! E eu juro que não pretendia assistir tanta coisa intensa – Afinal, estamos em uma pandemia e o importante é relaxar, certo? Pois é, como dizem por aí, “Falhei na missão”.  Mas calma! A maioria dos filmes vale muito a pena!

Clímax

Um filme francês onde um grupo de bailarinos, em uma festa realizada no último dia de ensaio, sofre os efeitos do LSD colocado na bebida. O filme tem uma atmosfera pesada, consumo de drogas, palavrões, sexo. O mais assustador, porém, é saber que foi baseado em uma história real! Nota de 0 a 5? 2.

O autor

O filme conta a vida de um homem que deseja ser um escritor consagrado. Ele é irritante e inseguro. Após se divorciar, vai morar em um apartamento e começa a trabalhar em um romance, baseado nas situações que acontecem na vida de seus vizinhos, manipulando e observando as pessoas em busca de material para escrever. O final é surpreendente. O filme tem cenas de nu frontal masculino e feminino, então, se você não fica à vontade assistindo essas cenas, cuidado! Nota de 0 a 5? 3.

O Guardião Invisível

Filme espanhol de suspense e mistério acompanha a detetive Amaia Salazar, que se vê assombrada pelo próprio passado ao retornar a cidade em que nasceu para investigar uma série de assassinatos misteriosos. O filme se baseia na trilogia de Baztan, da escritora espanhola Dolores Redondo. O filme é um suspense cheio de detalhes, daqueles que mantém os olhos vidrados na tela, tem algumas cenas com sangue e corpos mutilados, mas nada que possa ser considerado tão pesado para quem está acostumado com o gênero. Nota de 0 a 5? 5.

Legado nos Ossos

É a continuação do filme “O guardião invisível”. Amaia Salazar se vê novamente envolvida em uma seqüência misteriosa de crimes que a leva de volta a cidade natal. Há elementos envolvendo a história e as lendas locais e Amaia irá perceber que há uma grande proximidade com sua própria história. Assim como o primeiro filme, as cenas não são muito diferentes da maioria dos filmes desse gênero – É o suficiente para causar um arrepio na espinha, mas não extrapola muito os limites conhecidos. Nota de 0 a 5? 5.

Inferno

Baseado na obra de Dan Brown, Inferno nos leva, junto ao professor Robert Langdon, a uma corrida contra o tempo para impedir a liberação de um vírus que irá exterminar a humanidade. O filme tem cenários maravilhosos, citações de Dante, ação e reviravoltas surpreendentes. Também desperta algumas reflexões interessantes sobre a humanidade e seus efeitos no planeta em que vivemos. Nota de 0 a 5?5

Em busca de Zoe

De longe, o filme mais clichê que assisti em Abril, a obra retrata o dia a dia de Echo e sua família, que precisam superar a morte de Zoe, a filha mais velha, assassinada brutalmente. O filme é um suspense leve sobre um tema bastante pesado, que envolve a escola, os sonhos de uma adolescente, o medo, drogas e crime. Nota de 0 a 5? 3

O passageiro

Ao pegar o trem de sempre logo após ser demitido, um policial em dificuldades financeiras é abordado por uma misteriosa mulher com uma incumbência hipotética e uma alta recompensa. Com pouco tempo para descobrir a motivação da proposta, ele se vê encurralado e precisa lutar para salvar sua vida, sua imagem e a vida de todos que estão no trem. Nota de 0 a 5? 5.

A origem

Uma organização especializada em invadir os sonhos para roubar informações recebe a proposta de fazer com que o herdeiro de uma grande companhia decida vender parte dos negócios do pai. Uma missão quase impossível que Cobb, um homem perturbado por erros do passado, irá aceitar como uma tentativa desesperada de poder voltar para casa. Nota de 0 a 5?5

Morte às 6 da tarde

Um filme arrepiante, repleto de sangue, violência, corpos e suspense, morte às 6 da tarde deixa um gostinho de decepção ao ter o mistério solucionado de forma rápida. A ideia de uma assassino recriando castigos do século XVIII é bem atrativa e apesar das cenas capazes de causar náuseas (não coma pipoca assistindo esse filme), acaba prendendo a atenção, mas, quando a equipe policial consegue descobrir o assassino, o filme perde bastante o ritmo e se torna enfadonho – Depois melhora bastante, com uma nova reviravolta. A personagem principal também não convence muito, uma mulher arrogante e sempre mal-humorada. Nota de 0 a 5? 3

Se eu fosse homem

Única comédia do mês de Abril, se eu fosse homem conta a história de uma mulher divorciada que, após uma tempestade, amanhece com um pênis. É um filme para rir e refletir sobre algumas diferenças entre homens e mulheres e a forma como elas afetam o dia a dia. Como é algo totalmente fora da realidade, não dá pra esperar uma grande reflexão, mas certamente proporciona muitas risadas e um final surpreendente com gostinho de “será que vai ter uma sequência?”.

Flu

Um vírus desconhecido, fatal e altamente transmissível se alastra por uma cidade coreana, desencadeando uma crise sanitária e política. Com a cidade isolada, surge a questão: Acreditar em uma cientista que diz ter conseguido curar a filha – e portanto, produzir anticorpos para uma vacina – Ou matar toda a população antes que o vírus atinja a capital? O assustador, no caso deste filme, não é o apenas o vírus, mas a questão política – Afinal, o mundo estaria mesmo livre de pessoas que preferem matar uma cidade inteira ao invés de acreditar e buscar uma vacina? Nota de 0 a 5? 5

E vocês, leitores e leitoras, quais desses filmes já assistiram? Conta pra mim! E, se gostam do conteúdo, compartilhem nas redes sociais de vocês, pra página ganhar mais seguidores!

Abraços!