#diáriosdapoetisa #16de366 :Nhoque de Sol

“Calor tá pesado. Olhamos pro Sol e decidimos – Nada de feira hoje. Uma pena, pois estou de férias e uma das coisas que amo é ir até a feira comprar coisinhas frescas, mas realmente com esse calor, impossível sair de casa. Abri a geladeira (vontade de ficar dentro dela foi grande), observei – O que ainda tenho sobrando da semana? Duas batatas doces, daquelas bem laranjas, cozidas, me observavam, como se sua cor fosse uma pequena homenagem ao Sol escaldante. Minha mãe descascou e amassou, enquanto eu colocava 3 colheres bem cheias de proteína de soja fina de molho na água. Voltei a olhar pra batata doce, agora parecendo um purê – Coloquei sal, noz moscada e pimenta do reino, em seguida farinha de arroz e de aveia. Amassa, amassa, amassa, enfarinha com farinha de arroz a superfície lisa – Na panela a água demorou pouco tempo pra ferver. Enrola a massa, faz “cobrinha” e corta em pedacinhos que são colocados direto na água fervente. Subiu? Tira e põe na água fria e depois escorre. A massa terminou, coloquei a proteína de soja pra escorrer, amasse bem pra tirar toda a água. Numa panela 5 dentes de alho, um pouco de sal, páprica e óleo. Aqueço e vou colocando a proteína para refogar secando bem. Junto meia cebola daquelas grandes cortada em tiras, azeitona, orégano e tomate picado em pedaços grandes. Vou mexendo, colocando salsinha e bebendo água – Já foi uma garrafa gelada de 1,5l. Coloco um pouco de água no molho, acerto o tempero e finalizo o molho. Rendeu exatamente dois pratos e ainda sobrou um pouco do molho. Ficou adocicado, bonito e suave. Um belo nhoque de Sol, que eu apreciei mesmo não gostando nem um pouco do verão”

5 comentários sobre “#diáriosdapoetisa #16de366 :Nhoque de Sol

  1. Camille disse:

    “Abri a geladeira (vontade de ficar dentro dela foi grande)” Já me identifiquei daqui! Eu moro no Rio no lugar mais fucking quente, né, então, sempre tenho essa vontade. haha Mas, sério, descrevendo desse jeito, deve ter ficado muito bom. Minha dúvida é: a quantidade de temperos não esmagou um ao outro não? Tipo, porque, eu acho, né, que às vezes, menos é mais, daí foi muito tempero junto, fiquei na dúvida. HUHEHUE

    Curtido por 1 pessoa

    • Darlene R. disse:

      Menina, eu te entendo sobre os temperos hehehe, mas assim, eu queria ter certeza que ia ficar bem temperado sem precisar por muito sal, por isso fiz essa mescla toda. Concordo que na massa do nhoque a nóz moscada meio que sumiu. O molho ficou bem gostoso e condimentado heheh, você pode fazer do seu jeito, com menos tipos de temperos, eu que sou mesmo a “louca do tempero”…
      Abraços!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s