Dica literária: Office-Boy em apuros – Bosco Brasil

Esse livro é um dos cinco livros indicados como opção do mês de Janeiro para o #DesafioLiterário2020! Não sabe do que se trata? Só visitar aqui!

Quem tem trinta e poucos anos provavelmente conhece os livros da Série vaga-lume: Livros dedicados ao público infantil/adolescente. Apesar de ter começado muito cedo a ler livros destinados a adultos, sempre recebi livros da série Vaga Lume como sugestão de leitura na escola e eram histórias curtinhas, divertidas. Recentemente ganhei de uma amiga um livro dessa série que eu não havia lido! Em dois dias li! Trata-se da história de Ed Onda, um Office boy cuja vida está de cabeça para baixo: Morando sozinho com o pai, um vigia noturno abandonado pela esposa, Ed tem muitas responsabilidades para a pouca idade. Para complicar ainda mais a rotina, ele tem que lidar com o chefe dos motoboys, Plínio, com Eugênio, o filho mimado do patrão e com o primeiro amor. Receita certa para um enredo engraçado e divertido, certo? Talvez um adolescente que leia as confusões do atrapalhado Ed Onda e seus amigos, consiga enxergar apenas isso: Trapalhadas sem fim, romances e um pouco de angústia. Como adulta, observo outros temas que o autor colocou: A interferência das expectativas dos pais no crescimento dos filhos – como a mãe das “gêmeas mingau”, sempre buscando emprego de modelo para as filhas, sem perceber que elas sequer gostavam da atividade. Ou a naturalização do trabalho de um menino tão jovem quanto o Ed contraposta ao completo mundo de preguiça e comodismo de Eugênio? É justo imaginar que dois meninos na mesma idade tenham um abismo tão grande separando suas vidas? Um sobrecarregado de responsabilidades e outro vivendo uma infância sem nenhuma responsabilidade? Nesse sentido, minha única crítica é ver o trabalho infantil foi naturalizado de forma não muito saudável nesta obra, afinal, o Ed Onda não apenas trabalha como faz a comida do pai e o escuta falar sobre a esposa com tom melancólico e ao mesmo tempo, despeitado. Por outro lado, Eugênio, o filho do patrão, não consegue resolver os próprios assuntos e mesmo proibido pelo pai, pede tudo para Ed! Ainda bem que ele amadurece bastante no decorrer do livro!

Sobre o autor: Bosco Brasil é um dramaturgo e escritor brasileiro, nascido em 1960 na cidade de Sorocaba (SP), já foi roteirista do programa infantil Castelo Rá-Tim-Bum, autor da novela Tempos Modernos (Rede Globo, 2001), além de outros trabalhos na literatura,  televisão, cinema e teatro.

3 comentários sobre “Dica literária: Office-Boy em apuros – Bosco Brasil

  1. Lunna Guedes disse:

    Conheci essa série Vagalume na Biblioteca Mario de Andrade e amei alguns livros, principalmente os que foram escritos por Marcos Rey que vim a conhecer numa tarde de chuva, no centro. Me apaixonei pelo homem e por sua escrita maravilhosa. Li Malditos Paulistas (um dos melhores livros dele) e dentro da série vagalume, eu li “mistério dos cinco estrelas” “um cadáver ouve rádio” e “sozinha no mundo”. Leituras deliciosas e com uma pegada de mistério.
    Mas, esse que citou não conhecia, mas não vai para a lista nesse 2020 porque estou em outro ritmo de leitura… mas parece interessante. r

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s