Caminhando pela vida

Caminhando pela estrada
Correndo em disparada
Pelo amor atormentada
Pelo teu olhar encantada

Haverá um dia um porto seguro?
Uma luz em um dia escuro?
Um momento de entrega e paixão
Uma breve e feliz ilusão?

O tempo corre impassível
Não tem pena de um amor impossível
De uma dor insuportável
De uma lágrima inevitável

A vida se esvai na ausência
Em cada ser busco a tua essência
Teu carinho e inocência
Tua suave incandescência

E no espaço de uma vida
Estou sempre de partida
Caçando teu coração, tesouro perdido
Roubado por algum amor bandido

___________________________________________________________________

*Esse post faz parte do projeto BEDA*