Desafio Cinetoscópio #16: Um filme que você nunca assistiria de novo

50 tons de cinza (trilogia). Sei que esses filmes são os queridinhos de muitos leitores e leitoras, mas não é aquele filme para se assistir duas vezes. A obra cinematográfica apenas cumpre o que promete -Uma narrativa rasa, machista, que objetifica a mulher, banaliza o amor e o sexo e, para agravar ainda mais a situação, coloca a personagem em uma situação em que a violência do homem é “explicada” pela sucessão de traumas pelos quais ele passou na infância – muito embora traumas da infância possam ser sim fontes de comportamentos violentos, tais comportamentos não podem ser naturalizados e justificados por uma violência sofrida na infância. E a personagem feminina? Insegura, Anastasia navega entre submissão e momentos em que quer demonstrar personalidade forte e independente. Uma jovem inteligente, apática e muito atrapalhada. Por outro lado, a personagem masculina é dominadora, invasiva e bastante problemática. Em alguns momentos surge um humor ruim (relacionados em sua maioria ao sexo). No livro a descrição detalhada das cenas prende a atenção – é possível ler e imaginar um voo de ultra leve e outros cenários de muito de luxo -tais cenas poderiam ser mais bem exploradas no filme, bem como as citações literárias maravilhosas que constam no livro e não aparecem no filme. Com certeza vou assistir o próximo da trilogia, afinal, o elenco é bacana e eu estou curiosa para assistir ao desfecho, mas não assistiria novamente nenhum filme dessa saga.

 

Anúncios

9 comentários sobre “Desafio Cinetoscópio #16: Um filme que você nunca assistiria de novo

    • TN disse:

      Oi Darlene, Oi Lucas. Eu também acho a franquia bem fraca… Mas entendo as mulheres serem loucas por ela, penso que nós mulheres somos tão reprimidas sexualmente que, qualquer obra direcionada especificamente para nós chama a atenção. Daí o lado positivo de 50 tons de cinza: desenvolver a capacidade das mulheres de conversarem mais abertamente sobre sexo (principalmente as mulheres mais velhas), sem que isso seja um grande tabu.

      Ah! Lucas, vou correndo ver seus microcontos na Amazon.

      Abraços.

      Curtido por 2 pessoas

  1. joycoutinho disse:

    Olá! Depois de tanto tempo, eu só fui assistir esse filme ontem. Minha expectativa era de algo maior, porém, realmente cumpriu com o que prometia, e lendo os comentários anteriores, concordo com o fato desse filme ter sido um dos favoritos das mulheres, já que desperta um assunto comum, que é considerado como um “tabu”.
    Provavelmente não irei assistir novamente e nem os outros da trilogia.
    Abraços!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Lunna Guedes disse:

    Olha, não li os livros porque sou aquela que não gosta de livros do momento. rá
    E quando soube do filme, a preguiça triplicou e eu fui ver os meus favoritos: filmes franceses que tanto amo.

    Acho que toda a questão citada é interessante, até porque existem pessoas submissas por prazer ou trauma. E existe pessoas dominadoras pelo mesmo motivo. Mas ao saber que a pessoa-autora se inspirou na trilogia dos vampiros, me causou preguiça e me levou imediatamente em outra direção.

    Gosto de escritos eróticos bem escritos, como Anais Nin, por exemplo, que diz tudo e nada e nos deixa boquiabertos com a capacidade de sedução em suas linhas. Ela vibra em cada linha.

    Mas cinquenta tons não alcançou uma só cor de minha figura. rs

    bacio

    Curtido por 1 pessoa

      • Lunna Guedes disse:

        Entendi. Eu li a saga Crepúsculo com alguma dificuldade. Sempre adorei história de vampiros, desde Drácula. Mas a saga me fez bufar. E quando li que era uma criação a partir da saga, bufei e fui na direção oposta. Kkkk
        Sou dessas.

        Bacio

        Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s