Primeiro de Abril

Dizem que hoje é dia da mentira. Precisamos mesmo é criar um dia para celebrar a verdade – Imagina como seria um dia onde todos só falassem verdades? Seria um dia duro deveras, um dia possivelmente cheio de lágrimas onde se exporiam as dores e muitas vezes também tudo que há de pior em cada um. Loucura né? Mentir tornou-se algo diário – A gente levanta e mente pra si mesmo, faz de conta que está feliz e que a vida é maravilhosa – faz de conta que esquece as lágrimas que o travesseiro secou durante a noite, guarda na gaveta aquele sonho bom que foi só um sonho mesmo. A gente mente quando passa maquiagem pela manhã, máscara que oculta nossa pele. A gente mente um sorriso para talvez mentindo acreditar que é feliz – e assim vamos entre meias verdades preenchendo nossos vazios, nossas saudades. A gente omite o amor, afinal, a “onda” é ser desapegado, é não demonstrar afeto. E vamos levando, levando a vida adiante como se nada estivesse acontecendo. E atravessamos as horas, os dias, os meses, os anos. Eu, você que me lê, todos nós. Mentirosos e nada mais que isso. Pouco ou muito, apenas mentirosos fingindo uma felicidade que não existe plenamente – por esperança de que venha a existir ou pra esconder a saudade do que passou.

Anúncios

2 comentários sobre “Primeiro de Abril

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s