Poesia para os camaradas do PSOL

O que é a vida? É a constante luta
É poesia que nasce insistente
No decorrer de cada instante
Entre o sonho, o suor e a labuta

E se a vida é luta e poesia
É também aprendizado e construção
É o desejo de paz, justiça e revolução
É a estrada construída a cada dia

E neste caminho tão longo quanto breve
É uma alegria conhecer queridos e queridas camaradas
Qu’enfrentam a vida em lutas reiteradas
Com coragem, com força, e consciência limpa e leve

Mais um dia terminado, sigamos adiante!
Nestes humildes versos venho saudar
Todos e todas que hoje se vieram juntar
Que o Socialismo e a liberdade sigam sempre avante!

 

size_960_16_9_bandeira-do-psol

 


Nota da autora: Poema escrito ontem, 03/11/2016, após uma atividade de debate do PSOL Santos. Uma homenagem aos camaradas com quem tenho a alegria de militar e aprender a cada dia, e uma resposta a todos e todas que dizem que militância político-partidária e poesia não conseguem conviver ao mesmo tempo na alma humana!

 

 

Anúncios

4 comentários sobre “Poesia para os camaradas do PSOL

  1. Veríssimo Ferreira disse:

    Embora não seja do PSOL, e me sentindo tão camarada como os que de lá são, e pelo fato de ser socialista, orgulhosamente trabalhador em educação, penso que estes versos também a mim estão dedicados, porque estou na constância da luta, admirando a insistência da poesia, nesta longa caminhada, abreviada no desejo de “paz, justiça e revolução”.

    Obrigado camarada!
    Saudações socialistas!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s