Desafio Cinetoscópio #9 – Jogos Vorazes

Quando penso em assistir um filme, dou preferência aos que apresentem fatos históricos, sejam baseados em livros ou possuam algum assunto de meu interesse. Por vezes, gosto de assistir filmes voltados ao público jovem também, pois em geral são histórias leves e com final feliz. Quando penso em cinema, acrescento um outro tópico: Efeitos especiais. Assistir filmes no cinema, na minha opinião, não combina com histórias densas e tramas complexas, pois eu me desconcentro muito fácil diante da telona. Mas combina e muito com efeitos especiais! E isso os filmes dos Jogos Vorazes tem de sobra! Infelizmente eu não pude assistir os filmes no cinema, então, já que o tema do desafio é “um filme que você gostaria de ter assistido no cinema”, farei algumas considerações sobre os quatro filmes da saga.

Jogos Vorazes é uma distopia. Num futuro, após uma grande guerra, há a divisão em zonas sob o comando da Capital. A população vive uma ditadura, onde é impossível emitir opiniões, mudar de classe social, enfim, realizar atos comuns. A capital está sempre presente controlando a vida de todos através de um forte aparato tecnológico. Não bastasse tudo isso, a cada ano, são sorteados um menino e uma menina de cada zona para participarem dos “Jogos Vorazes”, uma competição transmitida ao vivo onde eles são colocados em um lugar selvagem e cheio de armadilhas e  devem sobreviver e matar uns aos outros até que apenas um sobreviva. É nesse ambiente que vive Katniss Everdeen. Quando a irmã mais nova de Katniss é selecionada para participar dos jogos, Katniss se voluntaria para ir em seu lugar. Peeta Mellark, rapaz que admirava Katniss a distância, é selecionado também. Embora o filme seja bastante conhecido, vou me abster de mais comentários, dizendo apenas que  Katniss termina o primeiro filme como um símbolo de resistência, conhecida como “O tordo”, a única que poderia unir todos e liderar uma insurgência contra a capital. Os fatos nos outros filmes se desenrolam de forma que a única opção de Katniss é justamente esta: liderar. Entretanto, há uma parte bastante obscura em todo este plano de derrubar a ditadura instaurada. É um filme perturbador por ser direcionado a adolescentes – considerei bastante violento pelas cenas e pela violência emocional que cerca o cenário. Por outro lado, é um filme que reflete sobre à importância da união, da lealdade e da amizade e os perigos de um comando ditatorial. Infelizmente o último filme deixa a desejar – Katniss durante a saga apresenta as características de uma mulher jovem e forte, mesmo em seus momentos de medo ou angustia. Ela tem, como todos, momentos de desespero e aflição, mas mantém-se moralmente forte e independente. É uma rara situação no cinema norte-americano voltado ao público jovem onde a mulher não é uma princesinha fútil. Pois bem, tudo isso vai um pouco por água a baixo no final do último filme onde (me perdoem o spoiller), ela aparece casada com um bebê nos braços e observando o filho mais velho brincar com o marido. Essa situação, infelizmente, mostra o casamento e os filhos como prêmios ou ideais a serem buscado por uma mulher – não tenho absolutamente nada contra quem decide se casar ou ter filhos – mas romantizar dessa forma a maternidade, como se não houvesse a possibilidade de um “final feliz” sem marido e filhos é, na minha opinião, pouco saudável, pois leva as adolescentes a supervalorizarem os relacionamentos em detrimento dos estudos, por exemplo. Hoje a mulher tem um papel importante a cumprir na sociedade e deve manter em mente que ela irá se casar SE quiser e irá ter filhos SE quiser, isso não é uma imposição ou um modelo que deve obrigatoriamente fazer parte de sua vida, então, seria bem interessante se os filmes refletissem isso e mostrassem finais felizes onde não necessariamente a mulher terminasse casada e com uma prole de tamanho considerável.

 285981_papel-de-parede-jennifer-lawrence-em-jogos-vorazes_2560x1440

Anúncios

3 comentários sobre “Desafio Cinetoscópio #9 – Jogos Vorazes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s