Livro versus série: Ligações Perigosas

Recentemente a emissora Globo exibiu uma série intitulada “Ligações Perigosas”. Talvez muitos não saibam, mas trata-se da adaptação de um livro de mesmo título, escrito por Chordelos de Laclos em 1782. Na versão exibida pela emissora, a história foi “deslocada” no tempo, passando-se na década de 1920. Os nomes das personagens foram “abrasileirados”, bem como houve algumas alterações drásticas no destino das personagens principais. A adaptação deixa muito a desejar em matéria de vocabulário, o que infelizmente não é incomum acontecer, entretanto, não há que se negar a qualidade do elenco, bem como os primorosos cenários e figurinos.
Infelizmente, assim como acontece na história original, há passagens que denotam machismo e toda a sorte de torpezas humanas – afinal, a inocência é utilizada o tempo todo como prêmio e meio de vingança. Brutal como é a realidade, Ligações Perigosas não é uma série para crianças ou pessoas muito sensíveis. O livro, pelo contrário, é, apesar de brutal, bastante poético. É um romance epistolar não muito volumoso e bastante agradável de se ler. Talvez leitores jovens o achem enfadonho devido ao vocabulário já antiquado, porém, os que se permitirem adentrar as páginas com a mente e o coração abertos não irão se arrepender.
Na minha opinião o livro é muito melhor que a série exibida pela televisão pelo simples fato de ser a obra original e também por exercitar o vocabulário e a imaginação, além disso, o desfecho do livro é mais duro, triste e, acima de tudo, aparenta casar-se mais com a realidade do tempo em que a história se passa.

—————

Sobre o que estou ouvindo enquanto escrevo este texto:

Quando li “Ligações Perigosas” apaixonei-me pelo livro e por algum tempo pesquisei um pouco sobre a época em que se passou a história. Para quem gosta de música, pesquisar acerca de determinada época inclui necessariamente conhecer canções deste período e em um dos meus momentos de fuça-fuça, me deparei com Johann Nepomuk Hummel (1778-1837) e me apaixonei por algumas de suas canções, dentre elas a estou ouvindo enquanto escrevo estas linhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s