Sobre voltar aos palcos

Ano passado eu tive uma rotina muito cansativa e gratificante: Fazia curso de canto, canto coral, violão, teatro… Foi um ano de ensaios, ensaios e mais ensaios e muitas apresentações. Este ano, com o término da minha faculdade e consequentemente do período de estágio remunerado, fui obrigada a trabalhar “como gente grande”, oito horas por dia em uma rotina exaustiva de seis dias trabalhados e uma única folga – Ou seja, nada mais de cursos.  Os primeiros meses de 2015 me trouxeram saudades daquela rotina… E então eu recebo a notícia de que havia passado na seleção para estudar no Conservatório de Cubatão. Sem pensar duas vezes eu fiz a minha matrícula, decidida mesmo a pedir demissão do emprego e voltar a vender jujuba nos sinaleiros, se necessário… Não precisei chegar a tanto.  Comecei a estudar e, agora, quase no final do ano, minha sala teve a oportunidade deliciosa de se apresentar no Palácio das Artes em Praia Grande. Para muitos foi a primeira experiência no palco de um teatro. Para mim foi como voltar ao lar de onde eu nunca deveria ter saído (lógico que o frio na barriga é o mesmo das primeiras vezes).  Foi realmente emocionante: Aquela correria para chegar, trocar de roupa, respirar, aquecimento rapidinho (sim, em sala de aula temos um tempo infinito para aquecer a voz antes de cantar, na hora da apresentação parece que 15 minutos se tornam 5 minutos), o momento “não sei se quero subir ali”, “olha como o teatro está cheio” e etc. Mas sabe, no final dá tudo certo, não é para isso que a gente estuda e ensaia tanto? Que venham mais e mais apresentações!

PS: Desconsiderem o áudio ruim, foi tudo filmado pelo celular!

Anúncios

15 comentários sobre “Sobre voltar aos palcos

    • Darlene R. Faria disse:

      Sem dúvidas. É cansativo acordar cedo, voltar quase de madrugada para casa? Sim, é. Muitas vezes as pessoas me perguntam o motivo que me leva a não desistir e ter uma “vida normal de recém formada” e eu me pergunto: Qual a dificuldade de entenderem que é simplesmente amor?

      Abraços

      Curtido por 1 pessoa

  1. Paloma Silva disse:

    Como não vi isso antes!!! Que coisa mais lindaaaa! Seguir o coração ♥♥
    Minha vida toda estudava e morava na escola de música kkk aí agora com a faculdade tive que parar tudo. É bem difícil… estou tentando dar um jeito de ano que vem conseguir voltar, espero que de certo 😉

    Ps. Você é soprano ou contralto?

    Curtido por 1 pessoa

    • Darlene R. Faria disse:

      E você não pensou em fazer faculdade de música moça? Eu estou lutando para conseguir isso… Me formei em direito, odiei, moro em uma cidade, trabalho em um supermercado situado em outra e estudo no conservatório em uma terceira cidade, todas obviamente próximas…Espero em breve fazer uma faculdade de música para poder dar aulas…
      Quando comecei a cantar, o professor me classificou como mezzo-soprano, meu segundo professor me classificou como contralto e agora que estou no conservatório fui classificada como soprano, é bem confuso…rs… Acredito que o primeiro professor está certo e na realidade sou mezzo.

      Beijos e não desista de voltar para a música!

      PS: você canta ou toca algum instrumento?

      Curtido por 1 pessoa

      • Paloma Silva disse:

        Hahaha que loucura! Certo que mezzo é quase um soprano kkkk depende da onde sua voz “brilha” mais.
        Então, eu faço Musicoterapia, tô no 2ano da facul já ( espero ter passado pro 3 hahaha). Quero ver se consigo uma formação com certificado na emesp mas faculdade mesmo de música, acho que não é minha praia kkkkkk aquelas contas me matam!

        Eu finjo que canto, eu sou mezzo 😉 fiz coral desde os 6 anos, musicalização e teclado até os 17/18 anos.
        Ai agora na facul tem musica, mas o foco é mais a saúde mesmo.. e eu moro no fim do mundo e a facul é no centro de sp :/ é muitoo longe, fica dificil trabalhar e fazer todas essas coisas.
        Vamo vê o que a vida me reserva né

        Curtido por 1 pessoa

      • Darlene R. Faria disse:

        Hum… Entendi… Ah, mas você está bem próxima da área então! Ano passado eu estagiava, fazia faculdade, teoria musical, canto, canto coral, violão e teatro… Matava mil aulas da faculdade para dar conta das apresentações, ensaios e etc. foi corrido, mas valeu muito a pena!
        Bjs

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s