Jogos Vorazes – O filme

Um país dividido em doze distritos onde as crianças crescem sabendo que anualmente um casal entre 12 e 18 anos de idade deverá ser enviado para um jogo de onde apenas um sairá com vida. Imagine agora uma jovem que ama incondicionalmente sua irmã e quando a vê ser sorteada para o jogo, se voluntaria para assumir o lugar dela? Aflitivo? E se, além disso, for sorteado o menino que era apaixonado pela menina? Esse é o cenário inicial de Jogos Vorazes, filme baseado no livro homônimo.
Apesar de ser dirigido ao público jovem, é um filme bastante perturbador uma vez que seu foco principal não é exatamente o romance entre Kat e Peeta – há bem mais que isso: O filme mostra todo um jogo político e todo o pior lado do ser humano: Aquele lado que lota auditórios para assistir espetáculos odiosos onde vida e morte estão em jogo. Aquele lado que, na vida real, leva pessoas a se aboletarem para ver vitima de acidentes, transmitir fotos de corpos mutilados pela internet e etc. Será que se houvessem realmente “jogos vorazes”, seria diferente do filme ou veríamos plateias assistindo, mesmo sabendo que de 24 jovens, apenas um sobreviveria?
Apesar de ser pura ficção, vale a pena assistir o filme. Não posso falar sobre o livro, pois ainda não li, mas com certeza irei ler depois que assistir os três filmes da série já disponíveis.

Anúncios

Um comentário sobre “Jogos Vorazes – O filme

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s