Amo-te

Amo-te…
Não sei por quê
Não por querer
Amar não é saber
É sentir
É viver
Amo você
E onde estarás agora
Esse frio lá fora
Esse vazio aqui dentro
Longe dos teus braços
Teus beijos, teus abraços
Mas ainda assim
Amo-te com amor sem fim…

53 - Amo-te

Anúncios

5 comentários sobre “Amo-te

    • Darlene R. Faria disse:

      Sim, a maioria dos poemas são crônicas de um amor…. Engraçado que alguns foram escritos numa época em que eu me desesperava por não amar ninguém… Hoje penso que seria melhor voltar a não amar a ter que sentir o quanto é doloroso o amor não correspondido… Olho os poemas e vejo que cada palavra é exatamente o que eu pensei que seria quando as escrevi…
      Abraços!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s