O “Dia das Crianças” e os livros.

“Era uma vez…”, quantas vezes essas três palavrinhas pareceram me levar numa viagem incrível, para mundos desconhecidos? Certamente foram estas três palavrinhas que me levaram a aprender a ler, não digo no sentido técnico – ler informações, ler porque nos é imposto no colégio, mas sim aprender a ler por prazer!

A leitura é um hábito que se constrói desde o berço – é importante para as crianças que alguém leia para elas, conte histórias, isso irá deixá-las curiosas e com vontade de ler sozinhas! Diante da importância da leitura, fico um pouco chateada ao perceber que, em datas comerciais como o dia das crianças, quase não vemos propagandas de livrarias! Há tantos livros voltados para o público infanto-juvenil e quase nenhuma divulgação midiática!
Na minha infância, ganhei vários livros de presente. Havia mais divulgação? Não sei, acredito até que dar livros era algo comum na família. Lembro do primeiro livro que li sozinha: Emília no país da Gramática (Monteiro Lobato). Seria mentira dizer que até hoje mantenho o exemplar guardado comigo: Eu cresci, vieram outros livros, outras histórias e, no decorrer de caminhos e mudanças, acabei por doar meu exemplar (espero que tenha sido feito bom uso dele). Hoje, crianças pequenas ganham DVDs, tablets, computadores, celulares e toda uma parafernália tecnológica. Não digo que não se deva dar um presente que a criança pediu, mas, que tal dar também livros? Ou ler para os pequenos que ainda não aprenderam a ler?
Há algumas histórias que eu não esqueço, por terem feito parte da minha infância e adolescência e, até mesmo da minha vida adulta (sim, eu ainda leio livros voltados ao público infanto-juvenil), vou listá-las aqui como sugestões de presentes bem interessantes para o próximo dia 12 de outubro ou para qualquer outra data em que vá se presentear uma criança ou adolescente:

  • Coleção “O Sítio do Pica-Pau Amarelo” (Monteiro Lobato): Eu gostava mesmo daqueles livros grandes, de capa dura. Hoje não se encontram mais livros infantis neste formato. Uma pena, já que eles me passavam a impressão de conter o mundo lá dentro. Por outro lado, buscando na internet descobri que a Editora Globo relançou toda a obra! E há também uma coleção especial do sítio para crianças à partir de 5 anos (editora Globinho). Vale a pena ler!
  • Série Vaga-Lume (Vários autores): Muito popular, a série é composta por livros escritos por diversos autores e destina-se ao público Juvenil e Infanto Juvenil. Publicada pela Editora Ática, é uma ótima pedida para presentear e incentivar a leitura entre os menores. Alguns títulos desta série que não esqueço: A Ilha Perdida; O caso da borboleta Atíria; A magia da Árvore Luminosa; O escaravelho do Diabo; Açúcar Amargo; Missão no Oriente e Tráfico de Anjos.
    O Pequeno Príncipe (Antoine de Saint- Exupéry): Dispensa comentários! Um livro interessante, simples e bonito do qual tira-se lições em todas as idades.
  • Coleção Harry Potter (J.K Rowling) : É relativamente recente e bastante conhecido pelos adolescentes mais velhos e jovens adultos. São livro grandes e prendem o leitor do início ao fim.

  • Coleção House of Night (P.C Cast e Kristin Cast): Vampiros estão na moda. E esta coleção é incrível! Não falta ação, romance, aventura e lições de que tudo na vida tem conseqüências. Não é muito adequada para crianças, porém adolescentes certamente curtem bastante. A desvantagem é que a saga é longa e ainda não terminou!
  • Coleção Academia de Vampiros (Richelle Mead): Vampiros, colégio, romance, ação, intrigas imperiais. Impossível parar de ler antes de terminar.

  • O Mundo de Sofia (Jostein Gaarder): Narrado por uma adolescente, conta a história da filosofia e um pouco do pensamento filosófico de várias épocas de forma instigante.

Certamente há muitos outros títulos interessantes, tudo depende muito da idade e dos interesses do leitor e estas foram apenas algumas dicas! E você? Qual livro leu na infância/adolescência e te marcou até hoje?

Sentimentos…
Poeiras de ilusão
São das ninfas os cantos
A chama da paixão

Doce veneno
Alento
Vida
Lágrima muda

Cristais quebrados
Espalhados
Do coração arrancados

Olhos que já não choram
Não brilham
Flores não falam
E paixões se calam

SENTIMENTOS - publicada

A versátil PVT e seus usos.

A PVT (Proteína Vegetal Texturizada) é um ingrediente versátil e muito utilizado para substituir a carne no dia a dia.  Sua utilização tem muitas vantagens: É fácil de guardar (enquanto desidratada, não precisa ficar na geladeira, basta guardá-la em um vidro fechado), fácil de preparar, nutritiva e livre de crueldade!

É comum encontrar PVT miúda, média e grande, além do formato “bife”. Cada uma delas favorece um tipo de preparação. A foto abaixo mostra a PVT grande preparada como se fosse um picadinho tradicional: com cebola e batatas.

CAM00953

Algumas dicas para o preparo de pratos à base de PVT:

  • Cuidado com a quantidade: Meia xícara de proteína seca resulta em quase 1 xícara depois de hidratada.
  • Hidratação: A PVT é vendida seca e, antes de ser utilizada, precisa ser hidratada. Muitas pessoas orientam a hidratar com água quente. Não é necessário. Basta cobrir com água e deixar de molho por uns 20min. Após este tempo, ela deve ter dobrado de volume. Escorra muito bem.
  • Tempero: A PVT deve ser bem temperada. Você pode utilizar curry, shoyu, molho de tomate, molho inglês. Tudo vai depender do que irá ser preparado. Na foto que ilustra este post, utilizei cebola, shoyu e pimentão.
  • Nunca consuma a PVT sem cozinhar! Hidrate, tempere, refogue ou asse (sim, existe churrasco de PVT e em breve eu postarei receitas aqui!).
  • Não se esqueça que a PVT não é um alimento cru! Se estiver preparando um picadinho por exemplo, basta refogá-la e depois deixar cozinhar num caldo bem temperado até secar (ou até os legumes que estiverem na panela ficarem bem cozidos)
  • A PVT está hidratada. O que eu posso preparar?
  • Se for PVT miúda, pode-se substituir a carne moída na preparação de charuto, pimentão cheio, molho de macarronada etc. A maior pode ser utilizada para fazer picadinho, estrogonofe, “carne” na moranga, sojasco.
  • Nutricionalmente, quais as propriedades da PVT? Não sou nutricionista, mas pesquisando na internet descobri alguns valores interessantes: 100g. de PVT contém 53g de proteína, contra pouco mais de 26g na mesma quantidade de acém moído. Também possui Vitaminas B1, B2 e B6, ácido fólico (este ausente na carne bovina), 700 mg de Fósforo, e 8,00 mg de Ferro.

E então? Que tal soltar a imaginação e experimentar as mil delícias possíveis de se preparar com esse ingrediente barato, prático e nutritivo?

Fontes das informações nutricionais:

PVT

Carne Moída

Eleições 2014 ou “é pra ver isso que eu pago meus impostos?”

No próximo domingo os brasileiros irão às urnas para eleger seus representantes. Deveria ser um momento sério, um ato levado a cabo após longas reflexões, baseado na comparação entre as propostas do candidato, a ideologia pessoal do eleitor e, no caso de candidatos que já exercem cargo público, deveria o eleitor analisar o que foi feito para cumprir as promessas feitas na campanha anterior… É… Deveria… Mas, espera um pouco, eu disse momento sério? A campanha eleitoral começou em 6/07/2014 e foi marcada por um festival de pérolas e propagandas quase circenses. Não quero dizer que todos os candidatos tiveram um nível baixo, mas, vamos admitir: Ver tantas propagandas bizarras pode desestimular o eleitor e fazê-lo acreditar “que tudo é uma palhaçada mesmo”.

 Vamos relembrar algumas pérolas eleitorais deste ano de 2014?

  •  “Tá de saco cheio da política? Vote no Tiririca!”

Este é um dos bordões do já Deputado Federal do Estado de São Paulo,Tiririca do PR. Humorista, nascido em Itapipoca – CE, foi o mais votado em 2010 e, este ano, novamente transformou o horário eleitoral em um momento de descontração. De acordo com pesquisas, ele tem grandes chances de ser re-eleito. Apesar da propaganda hilária, o deputado-humorista foi, segundo a revista Exame, um dos melhores deputados do ano de 2014 e apresentou projetos interessantes, como o que permite a artistas circenses, sem endereço fixo, utilizar o SUS ou outros serviços públicos.

Projetos a parte, vamos rir um pouco com alguns vídeos da campanha?

2) “Raio Privatizador”

É um avião? Um pássaro? Não… É o candidato do PRP,Paulo Batista, com seu vídeo de campanha cheio de efeitos especiais e inspirado no bom e velho tema de super-heróis. Apesar da idade madura (34 anos) e de ter cursado o nível superior, o candidato não utilizou seu horário de propaganda de forma a apresentar idéias e propostas concretas para a população – a única coisa que se pode subentender é que o candidato pretende “lutar contra o comunismo” e privatizar muitos bens públicos (afinal, não é à toa que ele tem um raio privatizador), entretanto, em nenhum momento ele se preocupa em explicar o que é a privatização, apenas faz parecer que num passe de mágica os serviços ficam melhores após o raio privatizador… E pensar que nós pagamos impostos para ver vídeos como este (atenção para a musiquinha que lembra jogos de videogame ao final do vídeo):

3) “Maconha Legal”

A liberação da maconha é um tema em pauta nestas eleições. Ainda assim, tudo tem um limite e a população merece ser melhor informada sobre os pontos positivos e negativos da liberação. Não é o que se vê neste vídeo do candidato a Deputado Federal pelo Estado de Santa Catarina, “Presidente THC” do PSDB:

4) “A coisa tá feia, a coisa tá preta, o negócio é votar no capeta”

O candidato a deputado federal do Estado de São Paulo, Toninho do Diabo (SD), aparece no vídeo convocando a votar no capeta. Nenhuma proposta, nem mesmo subentendida no vídeo. É… a coisa tá feia mesmo:

Não basta os vídeos bizarros, é possível encontrar também promessas estranhas, principalmente entre os presidenciáveis:

Levy Fidelix, PRTB, promete a nomeação de um industrial para o Banco Central e um banqueiro para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O Pastor Everaldo, PSC, promete “privatizar tudo o que puder”. Já Rui Costa Pimenta (PCO) radicaliza e propõe o fim da polícia (?) e a criação de milícias populares para substitui-la.

Há também a ala dos homofóbicos de carteirinha, como Matheus Sathler, candidato a Deputado Estadual pelo PSDB. Uma de suas propostas é a crianção de kits destinados às crianças: o “Kit macho” e “Kit fêmea”, cartilhas que teriam por finalidade ensinar “homem a gostar de mulher e mulher a gostar de homem”.

E, em relação a homofobia, não poderia passar despercebido o debate entre Levy Fidelix – PRTB (ele mesmo, o homem do aerotrem) e Luciana Genro – PSOL. Neste vídeo, temos motivos para rir e para chorar: Rir pela forma espontânea como Levy Fidelix se colocou, e chorar (de vergonha alheia e desgosto) por ouvir as palavras do candidato Fidelix, que em rede nacional incita o ódio aos homossexuais, colocando-os inclusive como “doentes que precisam ser atendidos bem longe da gente”.  Entretanto, o vídeo tem um grande ponto positivo: Encontrar, em meio a este grande circo eleitoral, uma candidata sensata e centrada, Luciana Genro – PSOL. Vejam:

Depois de toda esta “overdose” de bizarrices, fica a pergunta: E você? Já escolheu seus (as) candidatos (as)? Não desanime! Faça uma pesquisa e você certamente encontrará candidatos com boas propostas, dispostos a levantar bandeiras importantes como saúde, educação, combate à homofobia e à discriminação em geral… Os meus candidatos já estão escolhidos!

Sublime

Sublime é teu gosto
Teu corpo
Sublime é teu prazer
Sublime em ti me perder
Sublime voar
Revoar
Navegar
Sublime dor…
…Amar

Sublimes lágrimas
Pétalas
Rosas
Sangue… Orvalho
Paixões

Sublimes atitudes
Ímpetos
Sublimes
Paixões
Sublimes
Dores
Que pra sempre em meu peito
Hão de ficar

SUBLIME - Publicada

O que eu aprendi com o desafio #100happydays?

Há uns meses, reparei que algumas pessoas postavam fotos com a legenda “#100happydays” “#day1”, #day2” e assim por diante. Curiosa, perguntei para uma amiga o motivo das postagens. Ela então me enviou o link de um site (http://www.100happydays.com/pt/) e explicou o desafio: Durante cem dias, postar, diariamente, uma foto de algo que te faça feliz. Imediatamente respondi “impossível! Ninguém consegue ser feliz por cem dias seguidos! É muito tempo!”.

Os dias foram se passando, e o desafio aparecia na minha timeline do facebook e no instagram, dia após dia. E, eis que então, eu decidi participar. Postei a primeira foto dia 25/06/2014 – Uma apresentação do coral do qual eu faço parte. E no dia seguinte, apresentação da orquestra jovem, na qual eu não toco, mas tenho amigos que fazem parte. É fácil encontrar momentos felizes em dias de eventos pelos quais aguardamos, em dias que fazemos coisas que gostamos… Mas, há dias… Há dias em que é necessário esquadrinhar com uma lupa para encontrar um momento bom! E sabe o que esse desafio me ensinou? Que procurando muito, dá pra encontrar um momento alegre! Às vezes, o melhor momento do dia pode ter sido assistir um seriado jogado no sofá… Ou ler um livro. Ou cozinhar. O importante é que houve um momento bom.

#100happydays #day1 #25-06-2014

#100happydays #day1 #25-06-2014

Terminei hoje o desafio! E olhando as fotos pude perceber quanta coisa me fez feliz nesses dias que se passaram – cantar, tocar violão, assistir apresentações musicais de amigos, ir à shows, cozinhar (e, como tem foto de artes culinárias), escrever, fazer passeios inusitados… Tanta coisa se passou que, aqueles dias em que tive que procurar com pinça e lupa por momentos felizes ficaram um pouco apagadinhos! E não importa o fato de que nem sempre eu estava nas fotos… Às vezes, eu apenas procurava uma imagem que representasse o que me fez feliz naquele dia.

#100happydays #day02 #26-06-2014: Apresentação dos amigos que fazem parte da orquestra jovem e exposição de mangá

#100happydays #day02 #26-06-2014: Apresentação dos amigos que fazem parte da orquestra jovem e exposição de mangá

Não tenho vontade de repetir a brincadeira no próximo ano, mas, certamente vou me lembrar de publicar mais vezes coisas que tenham me deixado com vontade de sorrir, por menos importantes que pareçam.

E você? O que faz seu dia feliz? Que tal começar um álbum #100happydays? Isso não só melhora o humor, como ajuda seus amigos a lhe conhecerem melhor, à medida que eles vão acompanhando as imagens das coisas que te agradam! Vale à pena tentar!

#100happydays #day26 #20-07-14: Jogar Rouba-Bandeira na praia próximo à "Fonte do Sapo" em Santos...  Não deu pra fotografar? Tudo bem! Basta a foto do local pra simbolizar no álbum o momento alegre do dia!

#100happydays #day26 #20-07-14: Jogar Rouba-Bandeira na praia próximo à “Fonte do Sapo” em Santos…
Não deu pra fotografar? Tudo bem! Basta a foto do local pra simbolizar no álbum o momento alegre do dia!

Tempo e ausência…

O tempo escorre pelos vãos dos dedos. Preciso, entre tantos compromissos impostos, roubar um tempinho para fazer o que gosto, o problema é que eu gosto de tanta coisa: Canto, teatro,violão,escrever… E na correria entre o trabalho, a faculdade e suas provas e os outros cursos, acabo chegando ao final do dia (ou para ser exata, quase ao final da noite) tão exausta que muitas vezes não consigo simplesmente me sentar e digitar.  E assim ficam milhares de ideias passando como um filme pela minha cabeça. Os dedos, inquietos, pedem para digitar, para escrever… Mas o sono e a agitação de um dia inteiro acabam me vencendo e as palavras adormecem antes mesmo de chegarem ao teclado. E esse é o motivo das minhas ausências nos últimos dias: a mistura insana de exaustão, provas e mais provas e alguns outros estudos… Mas prometo, a você, leitor (a) e a mim mesma: A partir de hoje, postagens normalizadas!